Tecnologia pode ser vilã da saúde ocular das crianças

• Por cpadmin

miopia_03A tecnologia está em toda parte, presente no nosso dia a dia. Para as crianças, recorrer ao computador para fazer as tarefas, se distrair com games e televisão ou estar conectadas são atividades muito naturais. Porém, a tecnologia pode se tornar uma vilã para a saúde dos olhos dos pequenos quando utilizada em excesso.

 

Cerca de 15 milhões de crianças em idade escolar, no Brasil, possuem problemas de visão como astigmatismo, miopia e hipermetropia. Esses são dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CB).

 

Especialistas observam que, ficar horas assistindo televisão ou DVD´s em carros, brincando com videogames, usando celulares ou tablets, por exemplo, são algumas das razões pelas quais as crianças hoje desenvolvem miopia em graus ainda maiores, de forma mais precoce, se comparadas com as gerações

miopia_08Isso porque o uso excessivo da tecnologia faz com que o cérebro entenda quena visão de perto é mais importante que a visão de longe. Ou seja, a visão de perto é muito mais estimulada e desenvolvida se comparada à visão de longe, que acaba sendo prejudicada, o que causa a miopia. Se um dos pais for míope, ou ambos, o quadro pode ser ainda mais grave.

 

miopia_11Prevenir é melhor que remediar

Para garantir um bom desenvolvimento da visão nas crianças, os pais precisam:

  • Limitar o tempo de uso de celulares, TV, videogame, etc.
  • Incentivar atividades como esportes, leitura ou qualquer outra que não dependa de dispositivos tecnológicos
  • Iluminar bem os ambientes em que a criança estuda ou realiza leituras

 

miopia_13De olho nos sinais

Os pais devem ficar atentos aos sinais, pois crianças com problemas oculares costumam apresentar alguns comportamentos típicos, como:

  • Apertar os olhos
  • Franzir a testa
  • Queixar-se frequentemente de dor de cabeça
  • Apresentar queda no rendimento escolar

   
care-plus-logo

Categorias

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *